A segunda rodada terminou, veja o que aconteceu durante essa semana

Compartilhe!
  • 12
    Shares

Senegal x Japão (Foto: REUTERS/Marcos Brindicci)

A segunda rodada da primeira fase chegou ao fim, e estamos “felistes”, felizes e tristes, porque é Copa sim e ao mesmo tempo está passando muito rápido. Domingo foi o último dia em que conseguimos acompanhar todos os jogos do dia sem maiores problemas, a terceira rodada terão jogos simultâneos e vamos ter que escolher prestar atenção em um ou prestar “meia” atenção em dois.

Essa semana os bolões ainda sofreram com alguns resultados, ninguém esperava a derrota da Argentina ou as goleadas da Bélgica e da Inglaterra. Vamos para o nosso resumão para ver o que rolou nos últimos dias.

Pelo Grupo A, a Rússia foi a primeira seleção classificada para as oitavas ao derrotar o Egito por 3×1. Dzyuba marcou mais um golaço e Salah fez o gol de honra da equipe egípcia ao converter o pênalti que ele mesmo sofreu. A partida entre Uruguai e Arábia Saudita foi meio morna, mas os uruguaios levaram a melhor, Suárez não deixou seu 100º jogo pela seleção passar em branco e marcou o único gol da disputa. Com esse resultado, a segunda vaga para as oitavas ficou com a seleção uruguaia.

Russos comemoram um dos gols diante do Egito (Foto: Reuters)

Espanha e Portugal confirmaram seu favoritismo e venceram, respectivamente, Irã e Marrocos. A seleção portuguesa deixou a desejar, a equipe marroquina foi melhor em campo, mas CR7 foi decisivo e marcou no início do primeiro tempo. A seleção espanhola apresentou o futebol que já estamos familiarizados, com muitos passes e muitas finalizações, Diego Costa marcou de novo e garantiu a vitória aos espanhóis.

No Grupo C, a seleção peruana já está matematicamente eliminada, a briga pela segunda vaga ainda continua entre Dinamarca e Austrália, a França já está classificada. Na partida entre dinamarqueses e australianos, o placar ficou tudo igual.  Guerrero teve uma atuação discreta, e o lance em que mais apareceu, foi no gol da França, quando perdeu a bola para Pogba, e o jogador mais jovem a marcar com a camiseta francesa, Mbappé converteu.

A Croácia foi a primeira seleção do grupo D a se classificar para as oitavas ao derrotar a Argentina por 3×0. O primeiro gol foi marcado por Beric após erro grosseiro de Caballero, Modric e Rakitic ampliaram. Messi teve uma participação quase apagada e agora a seleção argentina vai ter que fazer um milagre para continuar viva na competição. A Nigéria derrotou a Islândia por 2×0 e é a seleção com mais probabilidade de garantir a segunda vaga do grupo. A festa nigeriana foi linda e ficou ainda melhor após Gylfi Sigurdsson perder um pênalti que poderia diminuir a vantagem dos africanos.

Caballero (Foto: REUTERS/Ivan Alvarado)

No grupo do Brasil, a tabela está toda embolada, e a seleção brasileira está a um empate da classificação. Foi um jogo tenso contra a Costa Rica, a bola não encontrava a direção certa até o gol. Somente nos acréscimos do segundo tempo Coutinho marcou para o alívio de mais de 200 milhões de brasileiros. Neymar ainda ampliou em um dos últimos lances da partida. No outro jogo do grupo, a Suíça derrotou a Sérvia por 2×1. A partida caminhava para um empate, mas nos acréscimos, Shaqiri marcou e garantiu a vitória para a equipe suíça.

Segundo tempo de drama (Foto: REUTERS/Max Rossi)

Na primeira partida do Grupo F, o México garantiu sua segunda vitória. Sem muitas dificuldades, bateu a Coreia do Sul por 2×1, resultado que deixou a equipe mexicana mais perto da classificação. O jogo entre Alemanha e Suécia teve o mesmo tom dramático de Sérvia x Suíça. Nos acréscimos, a seleção alemã conquistou a virada com um belíssimo gol de Toni Kroos, mesmo com um jogador a menos, e embolou a tabela.

A segunda rodada do Grupo G foi marcada por goleadas, a Bélgica derrotou a Tunísia por 5×2 e a Inglaterra goleou a seleção panamenha por 6×1. A excelente  geração belga mostrou a força do seu ataque e atropelou a equipe tunisiana. O placar poderia ser maior se Batshuayi não tivesse perdido ao menos quatro chances claras no segundo tempo. Pela Inglaterra, Harry Kane se consagrou o novo artilheiro da Copa ao marcar três vezes contra o Panamá. No entanto, um dos momentos mais marcantes foi a comemoração da torcida panamenha quando Baloy, ex-Grêmio e Atlético-PR, fez o gol de honra e o primeiro do Panamá em Copas do Mundo e se emocionou ao se despedir da seleção.

Baloy comemora o gol do Panamá contra a Inglaterra (Foto: EFE/Kiko Huesca)

Encerrando os jogos dessa rodada, Japão e Senegal empataram em 2×2 em um jogo disputado e a seleção senegalesa assumiu a liderança do grupo ao desempatar pelo critério disciplinar. A Colômbia venceu a Polônia em ótima atuação de Cuadrado e se mantém viva na disputa pela classificação. Lewandowski quase não aparece e a seleção polonesa é a primeira equipe europeia a ser eliminada.

Terminamos mais essa etapa sem um 0x0, com partidas disputadas, seleções melhorando seu desempenho, muito brilho da torcida, com imagens que só a Copa do Mundo é capaz de proporcionar.

Eu não sei vocês, mas, particularmente, amo essa época, me emociono com as histórias, choro com quase tudo que vejo e acho lindo demais a marca que o futebol deixa na gente e no mundo. Já estou saudosista e com saudades (a Copa deveria durar mais que um mês).

O que vocês estão achando desse espetáculo?

Deixe uma resposta